Madeleine (Vila Madalena)

A rua Aspicuelta é famosa na Vila Madalena: concentra bares, empórios, lojas e restaurantes diversos, para públicos, paladares e ouvidos de todos os estilos.

Caminhando à noite na parte da rua que desce (se você estiver vindo da Fradique Coutinho) ou na parte que sobe (se vier da Medeiros de Albuquerque), ao se aproximar do número 201 você ouvirá timbres diversos: palhetas, contrabaixo, saxofone, pratos de uma bateria, talvez as teclas de um piano. Uns passos a mais e você se sentirá tão envolvido por aquele som e pelo local de onde ele vem que será impossível recusar a proposta para que a sua noite comece ali, no Madeleine.

 

Madeleine fachada tarde

 

Continue reading “Madeleine (Vila Madalena)” »

Boteco do Vinho (Campos do Jordão)

Os bares e restaurantes de Campos do Jordão podem ser divididos em duas categorias: os que vivem lotados de turistas e os que pouca gente conhece. Quase sempre, estes são muito melhores.


01 deck

 

Continue reading “Boteco do Vinho (Campos do Jordão)” »

Mercado Municipal de São Paulo

O Mercadão é o paraíso da gastronomia. Qualquer cozinheiro, comilão ou degustador amador que se preze fica completamente alucinado quando passeia entre os corredores do mais pitoresco e encantador entreposto do país. São ao todo 272 estandes, onde nos deparamos com uma inacreditável diversidade de frutas, verduras, legumes, vinhos, queijos, chocolates, carnes, peixes, frutos do mar, aves, embutidos, temperos e condimentos.

 

Mercadão geral 2

 

Continue reading “Mercado Municipal de São Paulo” »

Cafezal em Flor (Cambuí)

Um casarão rústico iluminado apenas por velas. Uma garrafa de vinho tinto na temperatura exata. Uma fumegante panela de fondue. Uma banda tocando MPB ao fundo. Ninguém sai imune do Cafezal em Flor.

 

 

A idéia sempre foi essa. Fundado em 1995 por Eliseu Queiroz, o bar/restaurante foi inspirado em uma antiga casa de fazenda onde passou sua infância, buscando trazer para a região mais agitada da cidade um pouco do espírito da roça – incluindo aí as modas de viola que então ouvia por lá.

 

Continue reading “Cafezal em Flor (Cambuí)” »

Empório Sta Adelaide (V.Beatriz)

Ela acorda cedo todos os dias para trabalhar. Tipicamente paulistana, tenta distribuir seu tempo longe do serviço e do trânsito para poder curtir as coisas boas da vida. Ganha o suficiente para se permitir pequenos luxos: uns vinhos para tomar vendo a paisagem e pensando na vida, uns queijos para comer com os amigos, um lanche diferente com as crianças no final da tarde, um café da manhã especial com a família nos finais de semana. Para sua sorte, ela mora perto do Empório Santa Adelaide.

  


Continue reading “Empório Sta Adelaide (V.Beatriz)” »

Nosso Bar (Centro – Campinas)

Esta matéria foi feita a duas mãos com o grande amigo Erick, que conhece como poucos os lugarzinhos mais interessantes e escondidos de Campinas. Era para ter sido feita a quatro mãos, mas as outras duas precisavam segurar os copos.

Isso porque o Nosso Bar, boteco que ocupa apenas um pequeno box dentro do Mercado Campineiro, é uma pequena “Meca” do público cervejeiro.

Continue reading “Nosso Bar (Centro – Campinas)” »

Deck (Santa Branca)

Uma coisa bacana de viajar pelo interior do estado é que a gente descobre lugarzinhos que só podem existir em determinadas cidades, cada qual com um estilo bem característico, aproveitando o que as regiões oferecem de melhor.

Um desses lugares é o Deck, que já foi conhecido como Deck Beira-Rio, e que fica em Santa Branca, num cenário inacreditável à margem do rio Paraíba do Sul, que passa por ali intensamente verde, limpo e repleto de peixes.

Continue reading “Deck (Santa Branca)” »

Viva Vinhos (Santos)

Diz-se que o vinho é o melhor lugar do mundo para se encontrar com os amigos. Isso deve ser uma verdade histórica, pois nos escritos da humanidade não parece haver registro de uma grande festa sem vinho e até mesmo Cristo deu um jeito de fazê-lo da água para que as bodas de Caná prosseguissem devidamente animadas.

O vinho não sai de moda, principalmente porque todo ano tem aquele friozinho e também por causa dos casais, para quem alguns goles do rubro líquido costumam produzir efeitos semelhantes aos das noites de lua cheia.

Continue reading “Viva Vinhos (Santos)” »

Sancho Bar y Tapas (Consolação)

O aviso está na parede: “Abrimos cuando llegamos, cerramos cuando nos vamos y si vienes y no estamos, es que no coincidimos”. É com essa simpatia e despreocupação que o Sancho Bar y Tapas deixa bem claro seu objetivo: ser um bar com todas as características e delícias dos botecos espanhóis sem deixar de lado a congregação e a efervescência que só São Paulo oferece – especialmente na região onde fica o bar.

Com isso a casa já se destaca de todos os demais bares de tapas que invadiram recentemente a cidade, mas que transformam em modismo e presunção algo que deveria ter o mesmo espírito despojado e descontraído apresentado pelo descomplicado e comilão Sancho Pança, companheiro de Dom Quixote.

Continue reading “Sancho Bar y Tapas (Consolação)” »

Santos – Viagem & Turismo

Tempo bom.

A hora de Santos é agora, com novos hotéis, restaurantes, baladas, mais diversão na orla e prédios no skyline.

 

Postamos a seguir uma cópia da matéria que fiz para a edição nº 200 da revista Viagem & Turismo, nas bancas agora em junho/2012. É uma matéria sobre o crescimento da cidade e traz informações rápidas sobre várias novidades santistas. As fotos são de Andrea D’Amato. Segue a matéria:

Continue reading “Santos – Viagem & Turismo” »