Café Alquimia (Vila Clementino)

Sônia Presta é uma alquimista. Não, não do tipo que transforma metais em ouro, mas do tipo que consegue tornar mais leve a vida de todos ao seu redor.

E seu Café Alquimia é um bom exemplo disso.

 

cafe-5-sonia-2

 

Continue reading “Café Alquimia (Vila Clementino)” »

Blubell

Minha última grande descoberta de um lugarzinho aqui em São Paulo é a Casa de Francisca. Lembra nos anos 20, quando as pessoas iam ver espetáculos de dança e música sentadas numa mesa? O Cotton Club, o Folies Bergère, o Moulin Rouge? A Casa de Francisca me lembra esses lugares.
Blubell

Continue reading “Blubell” »

Madhu (Consolação)

Pode existir alguma coisa mais esquisita que um fast-food indiano na rua Augusta? E mesmo que as intenções de nosso blog sempre sejam a de fugir de tudo que lembre um fast-food, eu tinha que falar de lá. Por quê? Simples: porque é muito bom.

Na verdade, de fast-food o Madhu só tem a aparência e o esquema de trabalho, além de um pouco da rapidez. Como nas lanchonetes, as opções são oferecidas em 12 opções de combos que incluem o prato principal e os acompanhamentos que você escolhe em um cardápio muito detalhado e pacientemente explicado pela simpática Joselane. Metade deles leva frango ou carne e a outra metade é vegetariana. Também como nas lanchonetes, paga-se antes, busca-se o prato em bandejas de plástico e o leva para uma mesinha simples. E as semelhanças terminam aí.

Madhu 1