Madeleine (Vila Madalena)

A rua Aspicuelta é famosa na Vila Madalena: concentra bares, empórios, lojas e restaurantes diversos, para públicos, paladares e ouvidos de todos os estilos.

Caminhando à noite na parte da rua que desce (se você estiver vindo da Fradique Coutinho) ou na parte que sobe (se vier da Medeiros de Albuquerque), ao se aproximar do número 201 você ouvirá timbres diversos: palhetas, contrabaixo, saxofone, pratos de uma bateria, talvez as teclas de um piano. Uns passos a mais e você se sentirá tão envolvido por aquele som e pelo local de onde ele vem que será impossível recusar a proposta para que a sua noite comece ali, no Madeleine.

 

Madeleine fachada tarde

 

Continue reading “Madeleine (Vila Madalena)” »

Empório Sagarana II (V.Madalena)

Oi João. Desculpa a demora danada, mas vou retomar aquela prosa que começamos tempos atrás lá no www.lugarzinho.com/emporio-sagarana-vila-romana/, de modo que é já já que a gente vai se pegar a saudadear.

 

0 Porta 1

 

Continue reading “Empório Sagarana II (V.Madalena)” »

Cervejaria Nacional (Pinheiros)

Dizem que devemos experimentar de tudo na vida, desde que dê prazer, não seja caro e que não doa muito. E se valer a pena, a experiência deve ser aproveitada sem pressa e com sentidos aflorados, buscando aproveitar melhor cada momento.

 

Talvez não tenha sido com essa frescura toda – mas provavelmente foi com essa perversa intenção – que o pessoal da Cervejaria Nacional criou o “Sampler”, uma tábua de aparência inocente, com 5 copos com os 5 tipos de cerveja fabricados pela casa – cruel invenção feita para que o visitante possa provar um pouco de tudo antes de escolher o seu, ou, o que é sempre mais provável, os seus preferidos. Mas falaremos dele daqui a pouco.

Continue reading “Cervejaria Nacional (Pinheiros)” »

Tio da Cerveja (Ipiranga)

Leandro Mani é um cara parecido com você, comigo, com todos nós. Ele cresceu, estudou, se formou em uma profissão normal, foi trabalhar e, como a maioria das pessoas, se encheu do que fazia. Só que, ao contrario dessa maioria, ele resolveu correr atrás e trabalhar com aquilo que gosta de verdade: cervejas!

 

Tio 01

 

Continue reading “Tio da Cerveja (Ipiranga)” »

Cervejas e Rock & Roll

“Passa lá em casa mais tarde! Vamos tomar umas cervejas e ouvir um pouco de rock!” Para tornar o convite ainda mais tentador e irrecusável, separamos 21 cervejas diretamente inspiradas no velho e bom rock & roll. Algumas são homenagens a bandas e outras produzidas por elas próprias.  Algumas são brasileiras, outras, “gringas”. E há ainda espaço para alguns mestres do blues, que não poderiam ficar de fora.
Motilium online

For those about to rock, we salute you!

 

N - Bleus Etílicos 1

1 – Blues Etílicos Hellbier (Blues Etílicos)
purchase Tadalafil

Continue reading “Cervejas e Rock & Roll” »

Brejas (Cambuí)

Eu era infeliz, mas não sabia. Encontrava meus amigos num boteco qualquer e tomávamos algumas cervejas, mudando de vez em quando de uma marca para outra, mas sem que isso fizesse muita diferença. E tocava o barco sem grandes emoções, mas sem tomar conhecimento da existência delas.

 

Brejas 1

 

 

Continue reading “Brejas (Cambuí)” »

Dublin (Vila Olímpia)

Os dublinenses é que são felizes. Se, há um século atrás, o escritor James Joyce já se questionava se seria possível atravessar a capital irlandesa sem passar em frente a um pub, imagine hoje! E imagine então em março, com o dia de St. Patrick, o padroeiro da Irlanda!

 

Dublin 07

 

Continue reading “Dublin (Vila Olímpia)” »

Never Mind the Anabolics

Entre tantas cervejas exóticas que circulam por aí, esta talvez seja a mais provocadora de todas. Primeiro, porque se atreve a misturar estimulantes a uma bebida alcoólica. Depois, por ser lançada em homenagem aos jogos olímpicos.

 

NMTA 03

 

Continue reading “Never Mind the Anabolics” »

Empório Sta Adelaide (V.Beatriz)

Ela acorda cedo todos os dias para trabalhar. Tipicamente paulistana, tenta distribuir seu tempo longe do serviço e do trânsito para poder curtir as coisas boas da vida. Ganha o suficiente para se permitir pequenos luxos: uns vinhos para tomar vendo a paisagem e pensando na vida, uns queijos para comer com os amigos, um lanche diferente com as crianças no final da tarde, um café da manhã especial com a família nos finais de semana. Para sua sorte, ela mora perto do Empório Santa Adelaide.

  


Continue reading “Empório Sta Adelaide (V.Beatriz)” »

Degustação – para começar

Estamos inaugurando a seção “O Cervejeiro”, voltada para um público que quer conhecer um pouco mais sobre as possibilidades desta paixão que só faz crescer no mundo todo.

Como este é o primeiro post desta seção, cabe avisar: existem mais de 120 “estilos” diferentes de cerveja, representados por milhares de rótulos espalhados por todo o mundo. Faremos então um ritual básico para uma primeira degustação, feita em casa mesmo, visando apenas conhecer e diferenciar os principais tipos de cerveja, para posteriormente entrarmos nos detalhes de temperaturas ideais, copos adequados, pratos com os quais harmonizam melhor e muitos outros temas.

Continue reading “Degustação – para começar” »