O Lugarzinho

 

O título deste site é descaradamente inspirado em uma crônica de Luís Fernando Veríssimo, da qual tomamos a liberdade de transcrever alguns trechos abaixo:

“Eu conheço um lugarzinho…
Quantas vezes você já não ouviu esta frase? Dita por pessoas que conhecem todos os lugares óbvios que você também conhece, mas conhecem um que você não pode conhecer, porque ninguém conhece, só elas?”

“Devo muitos prazeres a indicações de amigos de lugarzinhos que não estão nos guias e nos caminhos normalmente percorridos…”

“O lugarzinho tem que ser, antes de mais nada, desconhecido, ou só conhecido por uma minoria privilegiada, ou — para ser um lugarzinho ainda mais lugarzinho — só conhecido por uma minoria do lugar. Seu charme não pode ser intencional.Isto é, o lugarzinho não pode saber que tem charme, senão não é mais lugarzinho”.

(Quem quiser ler a crônica inteira, procure pelo livro “A Mesa Voadora”, do autor. Leia! Aliás, devore o livro todo, que é ótimo.)

 

Não chegamos a tal radicalismo, até porque ao falar sobre ele aqui, o lugarzinho ficará (esperamos) conhecido por muito mais gente. Mas o autêntico lugarzinho – cremos – não muda seu jeito de ser com um aumento de procura. Ele apenas sobrevive melhor.

O site é, portanto, uma ajuda na procura por alguns locais especiais, que preencham espaços em nossas vidas, inclusive a mente e o coração. Que matem a saudade e espantem a angústia. Que troquem o fast food pela chamada comfort food, mas sem frescuras e com muita simplicidade, como era em nossas infâncias. “Keep it simple”, ensina Rémy, o simpático ratinho chef de cozinha em Ratatouille.

Vamos deixar claro que não se trata de mais um blog de crítica gastronômica. No nosso lugarzinho, a comida é importante, sim, mas conta menos que o aconchego do lugar, o clima familiar, os “causos” contados incansavelmente pelo dono do estabelecimento, a aventura do caminho, a receptividade do cachorro e as discussões na mesa vizinha das quais você sempre acaba participando.

 

Quem faz o Lugarzinho:

Pedro Schiavon – Publicitário por formação, jornalista por osmose e insistência e produtor cultural quando dá tempo. Gostaria de ter herdado mais do texto do pai e da criatividade da mãe, mas vai levando como dá. Trabalhou em agências, assessorias e produtoras de São Paulo, em editoras e jornais de Santos, em uns 200 lugares diferentes como free-lance. Atualmente, divide o tempo entre a Assessoria Brasileira de Comunicação e a redação do Lugarzinho.

Karina Del Monte – Publicitária, gestora de comunicação, tradutora e fotógrafa. Trabalhou em agências e em diversas empresas de marketing e tecnologia da informação de São Paulo. Curiosa de nascimento, gosta de descobrir novos cantinhos e de investir em projetos para mudar o mundo. É responsável direta pela seção Sementes Urbanas.

Colaboradores – O Lugarzinho conta com colaboradores eventuais, que participam com matérias esporádicas, busca e troca de informações, divulgação, promoções e design digital. Entre eles: Aretha Design, Michele Del Monte, Erick Marques, Cristine Tellier, Cristiano Filiciano e Marcela Cabrini.

 

Onde está o Lugarzinho

O Lugarzinho atua como gerador de conteúdo de diversas mídias. Entre elas:

Panorama Brasil – site das Organizações Sol-Panamby, responsável pela TVB, pelos jornais DCI e Shopping News e pelas rádios Central AM e Nova Brasil FM;

Kekanto – maior site de opiniões pessoais sobre lugares no Brasil;

Hugmag – primeira revista para turistas estrangeiros da cidade de São Paulo, publicada totalmente em inglês; 

ABCOM (Assessoria Brasileira de Comunicação) – site da assessoria de imprensa e do programa Gente Que Fala.