Teatro da Garagem (Vila Romana)

Se existe alguma coisa que se tem com facilidade na infância é a capacidade de inventar: amiguinhos imaginários, sempre úteis, tenha-se ou não um parceiro real para as aventuras; histórias fantásticas para impressionar os adultos; brinquedos geniais, mas que não dá para mostrar porque estão sempre guardados. Bem guardados na imaginação.

 

Anette 2

Continue reading “Teatro da Garagem (Vila Romana)” »

Carnaval – Blocos de Rua

Aqui, o Carnaval já começou! Para a alegria de muitos e desespero de alguns, São Paulo também resolveu sambar e, de uns anos para cá, entrou de cabeça e tamborim na folia dos blocos de rua. A cada ano eles se tornam mais numerosos e arrastam mais foliões.

Ah, e começam mais cedo, alongando o Carnaval até onde o povo aguentar. E para quem não quer perder nada, aí vai uma pequena agenda com os principais blocos paulistanos. E quem souber de mais, por favor, nos avise e colocaremos aqui!

 

Carnaval 1

 

Continue reading “Carnaval – Blocos de Rua” »

Clube das Artes (Higienópolis)

“É uma necessidade conversar com os poetas. E se os poetas morrerem, provocarei os mortos, as flores do mal que estão na minha estante”. (Pagu)

 

Clubinho museu 2

 

O Clube das Artes é o velho e bom Bar do Museu repaginado, onde se respira, come e bebe arte. Trata-se de um pequeno tesouro – agora um pouco menos escondido – da cidade de São Paulo. Um lugarzinho especialmente criado como sede da Associação de Amigos do Museu de Arte Moderna (AAMAM), e que finalmente ganha uma cozinha digna de um bar de verdade.

Continue reading “Clube das Artes (Higienópolis)” »

Noites na Taverna (Perdizes)

“Pois bem, dir-vos-ei uma história. Mas quanto a essa, podeis tremer a gosto, podeis suar a frio da fronte grossas bagas de terror. Não é um conto, é uma lembrança do passado”…

 

Taverna 01

 

Continue reading “Noites na Taverna (Perdizes)” »

Papo 1 – Um pouco de cinema

Tudo bem que papo de bar é sempre uma coisa meio sem sentido, mas daí a querer ir a bares que só existem na ficção é um pouco demais. Tentar organizar uma discussão para programar um dia ideal visitando esses bares e restaurantes, então, pode beirar a insanidade.

 

Curtindo a Vida 1

 


Continue reading “Papo 1 – Um pouco de cinema” »

The Burlesque Takeover (Itinerante)

“O escândalo do mundo é o que faz a ofensa. E pecar em silêncio não é pecar totalmente”. (Moliére)

A frase do dramaturgo francês serve como um alerta: daqui por diante, mergulharemos na região do Baixo Augusta, em uma exótica homenagem ao mundo do burlesco e ao que esta “Sin City” pode oferecer de mais fascinante, sem cair na tentação ou em apelações baratas.
TBT 3

Praça Benedito Calixto (Pinheiros)

“A praça é do povo como o céu é do condor. É o antro onde a liberdade cria águas em seu calor”, disse o poeta Castro Alves.

Benedito 5

São Paulo é uma cidade de feirinhas de arte. Fora as feiras anuais, como a da Pompéia, do Brooklin ou da Vila Madalena, há feiras semanais famosas, como a do MASP, a da Praça da República, a do Bixiga ou a da Liberdade. Mas talvez nenhuma delas exemplifique tão bem os versos do “Poeta dos Escravos” quanto a feira da praça Benedito Calixto, em Pinheiros.